Wordpress Flickr Gallery by WOWSlider.com v2.4
 

Faça aqui sua

DOAÇÃO

Seja colaborador, acesse AQUI, ou faça seu depósito:
Banco Bradesco:
2957-2 C/C 4343-5
Informações: (21) 3327-4591 / (21) 3382-3730
e-mail: retirodosartistas@globo.com

Cursos Retiro dos Artistas

2014

Confira os cursos de 2014 do Retiro dos Artistas. Faça já sua matrícula!

Veja

Notícias

Ajude o Retiro dos Artistas está a ganhar um HB20 edição Copa do Mundo da FIFA e concora a outro. Dia, 16 de abril de 2014.


 

História

O teatro no Brasil, até as duas primeiras décadas do século XX, era dominado por companhias estrangeiras, em sua maioria portuguesa. Contavam com artistas locais em posições subalternas. João Caetano foi um dos primeiros artistas, se não o primeiro, a tentar modificar esse quadro. Inaugurou em dezembro de 1833 a primeira companhia dramática brasileira, no Teatro da Vila Real da Praia Grande em Niterói, que pretendia trabalhar em igualdade de condições com as companhias estrangeiras. Ele acreditava que o teatro não poderia sobreviver sem subsídios do Estado e sem a qualidade técnica dos elencos internacionais.

A crise econômica gerada pela Primeira Guerra Mundial, deixou um grande número de desabrigados entre os artistas estrangeiros, em que 1914 aqui se encontravam. A situação trabalhistas, que era bastante precária para os artistas, não era mais confortável para seus empresários. Em decorrência dessa instabilidade profissional, em 1915, um grupo de donos de companhias de atores, encabeçados por Leopoldo Fróes, deu início a primeira tentativa de se organizar uma instituição que socorresse o artista idoso e desempregado, livrando o empresário do amparo informal que já dava aos seus elencos.

Leopoldo Fróes – artista e jovem empresário foi autor da idéia, em 1914 de fundar uma instituição inspirada na Association dês Séccours Muteuels dês Artistes Dramatiques.

Oficialmente fundada em 13 de agosto de 1918, no teatro Trianon, por 68 profissionais, o grupo se reuniu pela 1° vez, para eleger a sua diretoria, em 19 de agosto de 1918, com a presença de 133 artistas, no velho Cine teatro Pathé. Como homenagem ao ator João Caetano a data oficial da fundação passou a ser dia 24 de agosto de 1918. E a partir daí, a data de aniversário de morte passou a ser comemorado como DIA DO ARTISTA.

Com o passar do tempo e devido a alguns acontecimentos, a Casa dos Artistas se resumiu ao trabalho assistencial do Retiro. Vivendo de doações, campanhas, a "nova instituição" tratou de investir na qualidade de atendimento, visto que, o número de profissionais da área artística aumentava cada vez mais.

Aos residentes são oferecidos aulas de yoga, fisioterapia, tratamentos odontológicos, salão de beleza e hidroginástica.

Nesses 94 anos de existência a Casa dos Artistas escreveu uma rica história artística, social e assistencial, tendo permanecido até os dias de hoje como uma instituição de caráter único em nosso País.

 


Retiro dos Artistas - Todos os Direitos Reservados. 2013

ahdigital